A Nuvem Computacional Unicamp

Definição

A Nuvem Computacional Unicamp é uma nuvem privada, construída sobre um moderno ambiente computacional corporativo, e fornecida à comunidade para uso em atividades de ensino e pesquisa, assim como para sistemas de fins administrativos.

Para a implantação deste ambiente, alguns princípios foram observados:

  1. Economizar recursos financeiros destinados à aquisição e manutenção de equipamentos para as unidades e órgãos, visto que passarão a utilizar um único ambiente corporativo, de uso compartilhado;
  2. Economizar recursos como energia elétrica, refrigeração, etc.;
  3. Adotar tecnologias alinhadas à modernização do parque computacional corporativo da Universidade, de modo a torná-la referência;
  4. Investir na infraestrutura computacional de forma a atender as demandas presentes e futuras das áreas de ensino e pesquisa, além do crescimento dos sistemas administrativos.
  5. Preservar o investimento realizado por meio da adoção de tecnologias escaláveis com longevidade tecnológica e garantia de três anos.

Histórico do projeto

HistoricoProjeto

O projeto se iniciou em 2013, com a criação do Fórum Técnico Consultivo de Nuvem, pela Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC), com professores do Instituto de Computação (IC) e da Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC), além de técnicos do Centro de Computação (CCUEC) e do Centro Nacional de Processamento de Alto Desempenho em São Paulo (CENAPAD-SP).

No ano de 2014, foi elaborada uma proposta para o recebimento de recursos da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), dentro do âmbito do projeto CTINFRA/2014, com a participação de um grupo científico da universidade.

Entre 2014 e 2015, diversas provas de conceito foram realizadas. Podemos destacar:

  • plataforma de virtualização XenServer, software de orquestração de IaaS Citrix CloudPlatform;
  • execução de cargas de trabalho tradicionais e de alto desempenho (HPC) em ambiente com suíte de computação em nuvem VMware vCloud;
  • plataforma de virtualização KVM sobre hardware hiperconvergente Nutanix e equipamentos de rede Mellanox;
  • plataforma de virtualização XenServer, software de orquestração de IaaS Apache CloudStack.

Em junho de 2016, foi lançado um primeiro ambiente da Nuvem Computacional Unicamp, chamado de “embrião”. O embrião teve como objetivo validar o conjunto de tecnologias escolhidas para a formação do ambiente, assim como demonstrar o uso para a comunidade universitária. Foi oferecido o serviço de Infraestrutura como Serviço (IaaS) com o software de orquestração Apache CloudStack versão 4.5.2, com servidores de virtualização Dell PowerEdge e armazenamento dedicado em equipamento EMC CX4 e rede SAN Fibre Channel (FC). O embrião foi utilizado para testes por quinze unidades e órgãos da Unicamp, assim para a execução de atividades em produção pela Coordenadoria Geral da Unicamp (CGU), Prefeitura Universitária e Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética (CBMEG).

No primeiro semestre de 2017, foi instalada uma nova infraestrutura de rede, novos equipamentos de virtualização e armazenamento integrados (hiperconvergentes) e o conjunto de virtualizadores e sistemas de orquestração para formar o ambiente de produção da Nuvem Computacional Unicamp.

No mês de junho de 2017, a Nuvem Computacional Unicamp entrou na sua fase de produção, com o seu primeiro serviço, a Infraestrutura como Serviço na Nuvem, sendo oficialmente inaugurado.